Steve  Kunde

Steve Kunde

1641957840

Quais são as taxas de transação Blockchain | Por que eles importam

Neste post, você aprenderá o que são taxas de transação do Blockchain e por que elas são importantes?

Em 1998, o engenheiro chinês Wei Dai introduziu pela primeira vez o conceito de “criptomoeda”. Ao contrário da moeda convencional, a moeda digital existe apenas online. Os usuários podem trocar criptomoedas online depois de comprar tokens usando moeda “real” – ou seja, tradicional ou fiduciária. A criptomoeda elimina a necessidade de uma autoridade de controle central, como uma instituição financeira ou um escritório do governo, e cria uma maneira rápida, fácil e eficaz para pessoas de todo o mundo trocarem dinheiro.

Cerca de uma década depois que a ideia de criptomoeda foi descrita pela primeira vez, um inovador usando o pseudônimo “Satoshi Nakamoto” revelou o conceito por trás do Bitcoin. Hoje, o Bitcoin (ou BTC) é uma das formas mais populares de criptomoeda. Embora o Bitcoin tenha eliminado a necessidade de uma autoridade central, ele não removeu os custos associados à tecnologia que sustenta as criptomoedas. Saber como essa tecnologia funciona pode ajudá-lo a entender melhor as taxas de transação – e como minimizar seus custos ao usar criptomoedas.

Blockchains, bancos de dados e Bitcoin

Todas as transações de Bitcoin verificadas são armazenadas via blockchain, um tipo de banco de dados que armazena dados eletronicamente. A principal diferença é que os bancos de dados usam tabelas para estruturar seus dados, enquanto as blockchains armazenam dados em blocos. Quando um bloco é preenchido, ele é adicionado, marcado e “encadeado” ao anterior. Isso cria um registro com dados facilmente acessíveis e uma linha do tempo imutável.

Assim como os bancos de dados, os blockchains exigem vários computadores para gerenciar e armazenar dados. No entanto, os bancos de dados usam servidores, que tendem a pertencer a uma pessoa ou entidade específica, enquanto as blockchains armazenam dados em vários computadores pertencentes a várias pessoas ou entidades.

A rede do Bitcoin inclui milhares de computadores chamados nós, todos trabalhando juntos para verificar transações, preencher blocos e manter o sistema funcionando.

O Trilema Blockchain

Para que um blockchain funcione da melhor maneira possível, ele deve ser seguro, descentralizado e escalável. O trilema blockchain, um conceito introduzido por um programador (e fundador do Ethereum) Vitalik Buterin, refere-se à ideia de que os projetos blockchain lutam para atender aos três ideais. 

Os desenvolvedores de blockchain estão usando o conceito do trilema para refinar ainda mais as redes e criar ferramentas para alcançar a funcionalidade ideal.

Segurança

Blockchain é projetado para ser democrático e imutável. A segurança do blockchain é mantida por meio de codificação, bem como algoritmos de consenso que determinam o número de nós de rede necessários para confirmar as transações antes da finalização. E como o blockchain é composto por uma série de blocos que registram os dados em funções de hash com timestamps, ele provou sua resiliência contra adulteração de dados e hacks. 

Descentralização

Um dos trabalhos das instituições centrais é evitar gastos duplos e problemas semelhantes. No entanto, eles são vulneráveis ​​a ataques DDoS e outros problemas de segurança. A ideia de uma rede blockchain descentralizada é decifrada como um ambiente onde ninguém precisa conhecer ninguém, pois cada nó é repassado com as mesmas informações em um livro distribuído. 

Sistemas descentralizados, como o Bitcoin, são essencialmente invulneráveis ​​a esses problemas, e algoritmos ou mecanismos de consenso fornecem mais segurança ao sistema, evitando gastos duplos e reforçando a igualdade entre os pares. Se alguém tentar alterar ou corromper o livro-razão, a maioria dos participantes da rede precisa chegar a um consenso para fazê-lo.

Escalabilidade

Durante períodos de uso intenso, podem ocorrer engarrafamentos, retardando o processamento de transações e elevando os custos para os usuários. Um blockchain escalável é essencial para manter uma vantagem competitiva com redes centralizadas.

Para superar e abordar o trilema blockchain, alguns desenvolvedores recomendam fazer modificações diretas na rede – soluções de camada 1, como Ethereum. Outros sugeriram o desenvolvimento de redes secundárias, ou soluções de Camada 2, projetadas para funcionar ao lado do blockchain, como Lightning Network no Bitcoin ou Litecoin. É importante notar que a tecnologia blockchain ainda está em sua infância e, à medida que evolui, o mesmo acontecerá com as soluções potenciais para o trilema blockchain.

Por que taxas de transação?

As taxas de transação são e têm sido uma parte essencial da maioria dos sistemas blockchain desde o seu início. É mais provável que você os tenha encontrado ao enviar, depositar ou retirar criptomoedas.

A maioria das criptomoedas usa taxas de transação por dois motivos importantes. Em primeiro lugar, as taxas reduzem a quantidade de spam na rede. Também torna os ataques de spam em grande escala caros e caros de implementar. Em segundo lugar, as taxas de transação atuam como um incentivo para os usuários que ajudam a verificar e validar transações. Pense nisso como uma recompensa por ajudar a rede.

Para a maioria das blockchains, as taxas de transação são razoavelmente baratas, mas podem ficar bastante caras dependendo do tráfego da rede. Como usuário, o valor que você escolhe pagar em taxas determina a prioridade de sua transação em ser adicionada ao próximo bloco. Quanto maior a taxa paga, mais rápido o processo de confirmação.

Por que taxas de transação?

As taxas de transação são e têm sido uma parte essencial da maioria dos sistemas blockchain desde o seu início. É mais provável que você os tenha encontrado ao enviar, depositar ou retirar criptomoedas.

A maioria das criptomoedas usa taxas de transação por dois motivos importantes. Em primeiro lugar, as taxas reduzem a quantidade de spam na rede. Também torna os ataques de spam em grande escala caros e caros de implementar. Em segundo lugar, as taxas de transação atuam como um incentivo para os usuários que ajudam a verificar e validar transações. Pense nisso como uma recompensa por ajudar a rede.

Para a maioria das blockchains, as taxas de transação são razoavelmente baratas, mas podem ficar bastante caras dependendo do tráfego da rede. Como usuário, o valor que você escolhe pagar em taxas determina a prioridade de sua transação em ser adicionada ao próximo bloco. Quanto maior a taxa paga, mais rápido o processo de confirmação.

As taxas estão vinculadas ao tamanho da transação e à idade da entrada. Em outras palavras, uma transação que compreende mais bytes que ocupam mais dados de bloco terá taxas de transação mais altas. Taxas adicionais podem acelerar a transação pelo sistema, essencialmente colocando-a em uma fila prioritária. Em outras palavras, você pode pagar mais para ter transações validadas mais rapidamente.

As taxas coletadas vão para os mineradores, que validam e registram as transações de Bitcoin e ajudam a manter o sistema fluido e funcional ao:

  • suportando o processamento de transações
  • pagando aos mineradores que validam as transações
  • eliminando transações de spam

Em outras palavras, as taxas de transação do Bitcoin protegem e preservam a integridade da rede Bitcoin.

Taxas de transação de Bitcoin

Conceitualmente, as taxas de transação do Bitcoin representam a velocidade com que um usuário deseja que sua transação seja validada no blockchain. Embora a natureza descentralizada do Bitcoin facilite a participação de qualquer pessoa como minerador - o que significa verificar e registrar transações para formar um bloco e ser unidas por uma cadeia. No entanto, o processo de mineração de Bitcoin, ou BTC, é complexo e caro. As plataformas de mineração são caras e muitas vezes consomem grandes quantidades de eletricidade, enquanto o subsídio do bloco e as taxas de transação ajudam a compensar esses custos e incentivam os mineradores sempre que um novo bloco é validado. 

Os mineradores recebem taxas de transação e subsídios de bloco como uma “recompensa de bloco” sempre que adicionam com sucesso um bloco ao blockchain. O subsídio em bloco é fixado a cada mineração de Bitcoin e foi reduzido pela metade (Bitcoin halving), o que acontecerá a cada quatro anos ou a cada 210.000 blocos. Olhando para 2009, um Bitcoin minerado renderia 50 BTC e em 2012, mas com o passar dos anos, as recompensas foram reduzidas pela metade, e o último halving em 2020 estabeleceu as recompensas em 6,25 BTC.

Os eventos de halving fazem com que o hashrate caia, aumentando assim o poder de computação e a energia necessários para minerar novos blocos. No entanto, as crescentes taxas de transação ajudam a incentivar os mineradores a manter a segurança e a sanidade da rede. As taxas de transação são determinadas com base em alguns fatores:

  • quão congestionada a rede de criptomoedas está atualmente
  • a quantidade de dados contidos na transação Bitcoin específica
  • a prioridade da transação

O último ponto está sob o controle do usuário. Se você precisar que sua transação Bitcoin seja processada com urgência, você pode optar por pagar uma taxa mais alta para priorizá-la. Se sua transação for menos urgente, você pode optar por uma taxa mais baixa. Nesse caso, a transação permanecerá no pool de memória (ou mempool) até que o tráfego diminua.

O mempool pode ser pensado como uma fila. Quando você inicia uma transação, ela vai para o mempool. As transações que estão aguardando permanecem no mempool até que um minerador as confirme e as adicione ao bloco. Quando o mempool é preenchido, os mineradores escolhem primeiro as transações de Bitcoin com taxas mais altas.

Esse sistema pode manter as transações em andamento com mais facilidade, mas também pode levar a uma espécie de guerra de lances. Muitas pessoas que usam criptomoedas estão dispostas a pagar um prêmio para garantir que suas transações sejam concluídas primeiro. No entanto, essa tática pode sair pela culatra, especialmente durante períodos de uso intenso. Alguns usuários acabam pagando taxas a mais, o que força outros mineradores a também aumentarem suas taxas.

Taxas de transação: Bitcoin vs. Ethereum

Os maiores nomes em criptomoedas são Bitcoin (BTC) e Ether (ETH) e entender como as taxas são calculadas pode garantir que você esteja pagando uma quantia justa para concluir sua transação, sem ser pego em uma guerra de lances ou estagnar desnecessariamente no mempool.

Calculando as taxas de transação do Bitcoin

Para calcular as taxas de bitcoin, você tem algumas opções. Com algumas carteiras, você pode automatizar o processo, o que permite escolher a rapidez com que deseja que sua transação seja concluída e pagar de acordo.

Primeiro, verifique as taxas atuais e depois multiplique com base no tamanho da sua transação. Os Bitcoins são divididos em Satoshis, que são o centésimo milionésimo (ou 0,00000001) BTC. Se sua transação for de 225 bytes e você escolher a taxa de 100 Satoshis por byte, poderá esperar pagar cerca de 22.500 Satoshis em taxas, já que 100 x 225 = 22.500. Atualmente, isso se traduz em pouco mais de US$ 14, considerando que 1 Satoshi custa US$ 0,00056666 ou US$ 0,00000001 BTC em 11 de outubro. 

Calculando as taxas de transação do Ethereum

Até 2021, tudo na rede da Ethereum era baseado em “gás”. Gás é a unidade ligada à quantidade de poder computacional necessária para completar uma transação específica. Apropriadamente chamado, gás refere-se à energia usada para manter a rede Ethereum em movimento.

Sob este sistema de pagamento, tudo foi associado ao gás. Um problema simples de adição pode exigir apenas 5 unidades de gás, enquanto a conclusão de uma transação real pode ter um custo de 20.000. Para determinar a taxa de transação, um usuário precisaria saber o preço do gás, que é medido em gwei, ou o equivalente a 0,000000001 (um bilionésimo) ETH.

Para calcular, você precisará multiplicar o custo do gás pelo preço do gás. Por exemplo, você pode ter uma transação que custará 20.000 unidades de gás, e o preço do gás é 100 gweiGwei é uma denominação de Ether (ETH), a criptomoeda que é usada para pagar bens e serviços no Ethereum bl... . Seu custo total para essa transação será de dois milhões de gwei, porque 20.000 x 100 = 2 milhões. Isso se traduz em um pouco acima de US$ 7, supondo que 1 gwei seja equivalente a US$ 0,00000359. 

Os usuários podem definir um “limite de gásO limite de gás pode ser definido como a quantidade máxima de gás que alguém pagará por uma operação a ser realizada no...”, que se refere ao seu limite de gastos ou quanto de gás você deseja usar para uma transação específica. Transações complexas exigiam mais trabalho, então seus limites de gás seriam necessariamente maiores do que para transações mais simples.

No entanto, esse sistema provou ser complicado e muitos usuários estavam pagando a menos, o que poderia levar à rejeição de sua transação ou à necessidade de pagar a mais. (Pense nisso como colocar muitos selos em um envelope que você deseja enviar, em vez de correr o risco de ter a carta devolvida por postagem insuficiente.) A atualização do EIP-1559 mudou a forma como os usuários pagam pelas transações. Os usuários de ETH, em vez disso, pagariam uma taxa básica para transações específicas. Parte de cada taxa arrecadada é “queimada”, o que retira as moedas de circulação, e o restante vai para os mineradores. Os usuários do ETH também têm a opção de “dar gorjeta” aos mineradores, o que pode acelerar o processamento e a gravação de suas transações.

Taxas médias de transação

As taxas de transação são um custo necessário para realizar transações financeiras no século 21, e as transações de criptomoedas não são exceção. Tanto o Bitcoin quanto o Ethereum vinculam o custo da transação ao seu tamanho, e os usuários podem pagar mais para acelerar o processo. A taxa média de transação de bitcoin varia de dia para dia, dependendo da quantidade de tráfego e de outros fatores. O mesmo se aplica à rede Ethereum.

Atualmente, as taxas médias de bitcoin estão entre US$ 2 e US$ 5, o que significa entre 3.700 e 9.170 Satoshi. A taxa média de transação de ETH varia de US$ 2 a US$ 7, ou 0,00056 a 0,002 ETH.

Média de transações por dia

As redes BTC e ETH estão florescendo, com inúmeras transações sendo concluídas e verificadas todos os dias. Na rede Bitcoin, cerca de 200.000 a 300.000 transações são concluídas diariamente. O Ethereum, por outro lado, completa mais de 1 milhão de transações por dia.

Concluir suas transações em um dia com pouco tráfego pode diminuir sua taxa de transações sem forçá-lo a comprometer a velocidade de verificação.

As alternativas

As altas taxas de transação do Bitcoin são atraentes para os mineradores, mas podem não ser tão populares entre os usuários. A estrutura de taxas pode ser tal que alguns usuários estão pagando o equivalente ao valor da transação em taxas, principalmente quando se trata de transações menores.

As taxas de transação não são o único problema que persegue o Bitcoin. A escalabilidade também está provando ser uma espécie de calcanhar de Aquiles. O protocolo Bitcoin define claramente o tamanho e a geração do bloco, o que restringe o Bitcoin a cerca de sete transações por segundoTransações por segundo (TPS) é o número de transações que uma rede blockchain pode processar a cada segundo ou o número o..., ou TPS. Isso levou o Bitcoin a se ramificar em forks adicionais, como Bitcoin Gold (BTG) e Bitcoin Cash (BCH). O Ethereum, por outro lado, possui blockchains maiores e pode processar cerca de 20 TPS e o ETH 2.0 está pagando o caminho para uma solução mais escalável.

Para alterar o protocolo Bitcoin, todos os seus usuários devem concordar e escolher um software específico. A Lightning Network oferece uma alternativa projetada como um protocolo de pagamento de camada 2, o que significa que está em camadas no topo do blockchain. Com a Lightning Network, você pode concluir inúmeras transações antes de fechar o canal de pagamento e liquidar a transação final com o blockchain.

Rede Lightning

A Lightning Network é uma solução off-chain que fica em cima de um blockchain não exclusivamente na rede do Bitcoin, principalmente ajuda a processar pagamentos de blockchain de forma rápida e segura, sem tempos de confirmação de bloco potencialmente longos. Ele ainda permite que os usuários concluam trocas atômicas de cadeia cruzada instantaneamente sem depender de terceiros. 

Um dos principais destaques da Lightning Network inclui sua capacidade de permitir pequenos pagamentos, ainda menos do que um Satoshi. O processo é mais privado, permitindo que várias transações individuais ocorram sem serem transmitidas via blockchain. Como o próprio nome sugere, a Lightning Network também é rápida, praticamente sem limites no TPS. Os tempos de liquidação são igualmente rápidos, com a transação média sendo liquidada em cerca de um minuto ou menos. As taxas também são mais baixas.

Para quem busca privacidade, velocidade e acessibilidade, a Lightning Network oferece uma excelente alternativa.

Um mecanismo de consenso mais escalável

Um mecanismo ou algoritmo de consenso refere-se a um protocolo específico projetado para garantir que as redes de computadores possam trabalhar em conjunto com eficiência, mantendo a segurança. O algoritmo é frequentemente usado para garantir que a rede criptográfica funcione de forma eficaz e evite certos tipos de ataques ao sistema.

Se a principal fraqueza do Bitcoin é sua escalabilidade, um mecanismo de consenso mais escalável pode ajudar a reduzir os custos. Atualmente, o Bitcoin é executado em um consenso de prova de trabalho (PoW), que exige que cada nó resolva problemas matemáticos complexos para validar uma transação. O primeiro a completar o problema pode adicionar o próximo bloco à cadeia. O bloco é então verificado, com os dados inseridos no blockchain.

O protocolo de prova de participação (PoS) é mais escalável e sustentável do que o PoW. PoS vincula o poder de mineração à participação acionária. Os mineradores não precisam gastar energia resolvendo problemas matemáticos, mas limitam-se a minerar um número específico de transações vinculadas à sua participação acionária. Um minerador com uma participação acionária de 1% poderia então minerar 1% dos blocos.

Os sistemas PoS também são menos vulneráveis ​​a um certo tipo de ataque econômico. Um minerador teria que possuir mais da metade das moedas digitais em uma rede para lançar um ataque ao sistema, o que seria desvantajoso para seus interesses.

Em última análise, um sistema PoS é mais escalável, energeticamente eficiente e seguro do que os sistemas PoW.

Acampar para menos congestionamento

Assim como um engarrafamento causa congestionamento, um número maior de transações esperando em uma rede resulta em movimento mais lento e taxas mais altas. Portanto, as taxas tendem a aumentar durante os períodos de pico de uso.

Se sua transação Bitcoin não for urgente, você pode “acampar” e esperar por uma abertura, assim como você pode optar por sair um pouco mais tarde para evitar o tráfego na hora do rush. O blockchain tende a ter picos e vales previsíveis, devido às empresas que concluem transações maiores. Esperar até o fim de semana para concluir o seu pode significar menos tráfego, transações de compensação mais rápidas e taxas menores. Essa é uma das vantagens dos mercados que nunca fecham.

Embora as taxas personalizadas sejam possíveis, os mineradores priorizam e processam as transações com base em vários fatores, incluindo o tamanho da taxa. Suas transações maiores podem demorar um pouco mais para serem concluídas, mas elas serão adicionadas ao blockchain, geralmente quando o tráfego diminuir.

A linha inferior

Taxas mais altas ou mais baixas podem reduzir significativamente seus lucros e afetar seus ganhos e perdas de capital. Embora essas taxas sejam uma parte necessária da transação em um ativo digital, você pode tomar medidas para reduzir seus custos gerais e reduzir o risco de pagamento excessivo, seja optar por um sistema alternativo para transações menores, como Lightning Network, ou esperar até o momento ideal para processar suas transações. Pesquisar suas opções e encontrar a melhor para suas necessidades pode ajudá-lo a economizar tanto nos preços de suas transações quanto no custo de fazer negócios.

Pensamentos finais

As taxas de transação são parte integrante da criptoeconomia das redes blockchain. Eles fazem parte dos incentivos dados aos usuários que mantêm a rede funcionando. As taxas também oferecem uma camada de proteção contra comportamento malicioso e spam.

No entanto, a quantidade de tráfego que algumas redes recebem levou a taxas significativamente mais altas. A natureza descentralizada da maioria das blockchains dificulta a escalabilidade. É verdade que algumas redes apresentam alta escalabilidade e taxa de transferência de transações, mas isso geralmente vem com um sacrifício de segurança ou descentralização.

Ainda assim, existem vários pesquisadores e desenvolvedores trabalhando em melhorias que esperamos trazer mais inclusão quando se trata de criptomoedas no mundo em desenvolvimento.

What is GEEK

Buddha Community

Devin Pinto

1606217442

Blockchain Certification | Blockchain Training Course | Blockchain Council

In all the market sectors, Blockchain technology has contributed to the redesign. The improvements that were once impossible have been pushed forward. Blockchain is one of the leading innovations with the ability to influence the various sectors of the industry. It also has the ability to be one of the career-influencing innovations at the same time. We have seen an increasing inclination towards the certification of the Blockchain in recent years, and there are obvious reasons behind it. Blockchain has everything to offer, from good packages to its universal application and futuristic development. Let’s address the reasons why one should go for Blockchain certification.

5 advantages of certification by Blockchain:

1. Lucrative packages- Everyone who completes their education or upskills themselves wants to end up with a good bundle, not only is one assured of a good learning experience with Blockchain, but the packages are drool-worthy at the same time. A Blockchain developer’s average salary varies between $150,000 and $175,000 per annum. Comparatively, a software developer gets a $137,000 per year salary. For a Blockchain developer, the San Francisco Bay area provides the highest bundle, amounting to $162,288 per annum. There’s no point arguing that learning about Blockchain is a smart decision with such lucrative packages.

2. Growing industry- When you select any qualification course, it becomes important that you choose a growing segment or industry that promises potential in the future. You should anticipate all of these with Blockchain. The size of the blockchain market is expected to rise from USD 3.0 billion in 2020 to USD 39.7 billion by 2025. This will see an incredible 67.3 percent CAGR between 2020-2025. To help business processes, several businesses are outsourcing Blockchain technologies. This clearly demonstrates that there will be higher demand in the future for Blockchain developers and certified Blockchain professionals.

3. Universal application- One of the major reasons for the success of Blockchain is that it has a global application. It is not sector-specific. Blockchain usage cases are discovered by almost all market segments. In addition, other innovations such as AI, big data, data science and much more are also supported by Blockchain. It becomes easier to get into a suitable industry once you know about Blockchain.

**4. Work protection-**Surely you would like to invest in an ability that ensures job security. You had the same chance for Blockchain. Since this is the technology of the future, understanding that Blockchain can keep up with futuristic developments will help in a successful and safe job.

**5.**After a certain point of your professional life, you are expected to learn about new abilities that can help enhance your skills. Upskilling is paramount. Upskilling oneself has become the need for the hour, and choosing a path that holds a lot of potential for the future is the best way to do this. For all computer geeks and others who want to gain awareness of emerging technology, Blockchain is a good option.

Concluding thoughts- opting for Blockchain certification is a successful career move with all these advantages. You will be able to find yourself in a safe and secured work profile once you have all the knowledge and information. Link for Blockchain certification programme with the Blockchain Council.

#blockchain certificate #blockchain training #blockchain certification #blockchain developers #blockchain #blockchain council

5 Blockchain Applications That Have Transformed the World of Technology

The blockchain is the decentralized database of the blocks of information, which gets recorded in the chain format and linked in a secured crypto graphical manner. This technology ensures proper safety of the data due to its secure nature, and it totally changes how people carry out transactions. It also brings about a faster and secure process of validating information needed to establish reliability.

Though blockchain technology came into the market to carry out only digital transactions, it is now used in various industries like supply chain, finance, health care, and many more.

The blockchain technology has made its position in mobile app development as well. Blockchain applications are transparent and accountable. From getting easy access to medical records and buying insurance, you can see blockchain applications everywhere.

Here are some of the areas where you can see the use of blockchain applications and how they have changed various industries.

1. Ripple

Ripple is useful for increasing banking transactions. The implementation of blockchain technology in the financial sector is much more profound than any other sector. Ripple proves this. It is one of the greatest tools to record and complete financial transactions.

It develops a large network despite strict physical boundaries. As there is no such third-party involvement present, the cost of these transactions is lower than usual. At the same time, the network also remains transparent and quite secured.

It is normally seen that financial transactions that happen globally are

error-prone and take a lot of time. In addition to this, when the transaction

fees and exchange rates get added up, the total cost usually gets high.

However, Ripple offers real-time international transactions without spending too much money. It has the network of about 200+ institutions making the process affordable, secure, and fast for all sorts of international transactions.

2. Etherisc

This blockchain application helps in automating flight insurance. Insurance is another area where blockchain is gaining popularity. Through this application, insurers can make smart contracts rather than getting involved in the traditional contracts that are usually complex. Etherisc is the blockchain application that helps customers buy flight insurance. If the flight gets canceled or delayed, they do not have to wait for months to get the payment back. This application ensures an on-time payout.

#blockchain #blockchain-technology #blockchain-development #blockchain-use-cases #blockchain-a #blockchain-technologies #technology #decentralization

Steve  Kunde

Steve Kunde

1641957840

Quais são as taxas de transação Blockchain | Por que eles importam

Neste post, você aprenderá o que são taxas de transação do Blockchain e por que elas são importantes?

Em 1998, o engenheiro chinês Wei Dai introduziu pela primeira vez o conceito de “criptomoeda”. Ao contrário da moeda convencional, a moeda digital existe apenas online. Os usuários podem trocar criptomoedas online depois de comprar tokens usando moeda “real” – ou seja, tradicional ou fiduciária. A criptomoeda elimina a necessidade de uma autoridade de controle central, como uma instituição financeira ou um escritório do governo, e cria uma maneira rápida, fácil e eficaz para pessoas de todo o mundo trocarem dinheiro.

Cerca de uma década depois que a ideia de criptomoeda foi descrita pela primeira vez, um inovador usando o pseudônimo “Satoshi Nakamoto” revelou o conceito por trás do Bitcoin. Hoje, o Bitcoin (ou BTC) é uma das formas mais populares de criptomoeda. Embora o Bitcoin tenha eliminado a necessidade de uma autoridade central, ele não removeu os custos associados à tecnologia que sustenta as criptomoedas. Saber como essa tecnologia funciona pode ajudá-lo a entender melhor as taxas de transação – e como minimizar seus custos ao usar criptomoedas.

Blockchains, bancos de dados e Bitcoin

Todas as transações de Bitcoin verificadas são armazenadas via blockchain, um tipo de banco de dados que armazena dados eletronicamente. A principal diferença é que os bancos de dados usam tabelas para estruturar seus dados, enquanto as blockchains armazenam dados em blocos. Quando um bloco é preenchido, ele é adicionado, marcado e “encadeado” ao anterior. Isso cria um registro com dados facilmente acessíveis e uma linha do tempo imutável.

Assim como os bancos de dados, os blockchains exigem vários computadores para gerenciar e armazenar dados. No entanto, os bancos de dados usam servidores, que tendem a pertencer a uma pessoa ou entidade específica, enquanto as blockchains armazenam dados em vários computadores pertencentes a várias pessoas ou entidades.

A rede do Bitcoin inclui milhares de computadores chamados nós, todos trabalhando juntos para verificar transações, preencher blocos e manter o sistema funcionando.

O Trilema Blockchain

Para que um blockchain funcione da melhor maneira possível, ele deve ser seguro, descentralizado e escalável. O trilema blockchain, um conceito introduzido por um programador (e fundador do Ethereum) Vitalik Buterin, refere-se à ideia de que os projetos blockchain lutam para atender aos três ideais. 

Os desenvolvedores de blockchain estão usando o conceito do trilema para refinar ainda mais as redes e criar ferramentas para alcançar a funcionalidade ideal.

Segurança

Blockchain é projetado para ser democrático e imutável. A segurança do blockchain é mantida por meio de codificação, bem como algoritmos de consenso que determinam o número de nós de rede necessários para confirmar as transações antes da finalização. E como o blockchain é composto por uma série de blocos que registram os dados em funções de hash com timestamps, ele provou sua resiliência contra adulteração de dados e hacks. 

Descentralização

Um dos trabalhos das instituições centrais é evitar gastos duplos e problemas semelhantes. No entanto, eles são vulneráveis ​​a ataques DDoS e outros problemas de segurança. A ideia de uma rede blockchain descentralizada é decifrada como um ambiente onde ninguém precisa conhecer ninguém, pois cada nó é repassado com as mesmas informações em um livro distribuído. 

Sistemas descentralizados, como o Bitcoin, são essencialmente invulneráveis ​​a esses problemas, e algoritmos ou mecanismos de consenso fornecem mais segurança ao sistema, evitando gastos duplos e reforçando a igualdade entre os pares. Se alguém tentar alterar ou corromper o livro-razão, a maioria dos participantes da rede precisa chegar a um consenso para fazê-lo.

Escalabilidade

Durante períodos de uso intenso, podem ocorrer engarrafamentos, retardando o processamento de transações e elevando os custos para os usuários. Um blockchain escalável é essencial para manter uma vantagem competitiva com redes centralizadas.

Para superar e abordar o trilema blockchain, alguns desenvolvedores recomendam fazer modificações diretas na rede – soluções de camada 1, como Ethereum. Outros sugeriram o desenvolvimento de redes secundárias, ou soluções de Camada 2, projetadas para funcionar ao lado do blockchain, como Lightning Network no Bitcoin ou Litecoin. É importante notar que a tecnologia blockchain ainda está em sua infância e, à medida que evolui, o mesmo acontecerá com as soluções potenciais para o trilema blockchain.

Por que taxas de transação?

As taxas de transação são e têm sido uma parte essencial da maioria dos sistemas blockchain desde o seu início. É mais provável que você os tenha encontrado ao enviar, depositar ou retirar criptomoedas.

A maioria das criptomoedas usa taxas de transação por dois motivos importantes. Em primeiro lugar, as taxas reduzem a quantidade de spam na rede. Também torna os ataques de spam em grande escala caros e caros de implementar. Em segundo lugar, as taxas de transação atuam como um incentivo para os usuários que ajudam a verificar e validar transações. Pense nisso como uma recompensa por ajudar a rede.

Para a maioria das blockchains, as taxas de transação são razoavelmente baratas, mas podem ficar bastante caras dependendo do tráfego da rede. Como usuário, o valor que você escolhe pagar em taxas determina a prioridade de sua transação em ser adicionada ao próximo bloco. Quanto maior a taxa paga, mais rápido o processo de confirmação.

Por que taxas de transação?

As taxas de transação são e têm sido uma parte essencial da maioria dos sistemas blockchain desde o seu início. É mais provável que você os tenha encontrado ao enviar, depositar ou retirar criptomoedas.

A maioria das criptomoedas usa taxas de transação por dois motivos importantes. Em primeiro lugar, as taxas reduzem a quantidade de spam na rede. Também torna os ataques de spam em grande escala caros e caros de implementar. Em segundo lugar, as taxas de transação atuam como um incentivo para os usuários que ajudam a verificar e validar transações. Pense nisso como uma recompensa por ajudar a rede.

Para a maioria das blockchains, as taxas de transação são razoavelmente baratas, mas podem ficar bastante caras dependendo do tráfego da rede. Como usuário, o valor que você escolhe pagar em taxas determina a prioridade de sua transação em ser adicionada ao próximo bloco. Quanto maior a taxa paga, mais rápido o processo de confirmação.

As taxas estão vinculadas ao tamanho da transação e à idade da entrada. Em outras palavras, uma transação que compreende mais bytes que ocupam mais dados de bloco terá taxas de transação mais altas. Taxas adicionais podem acelerar a transação pelo sistema, essencialmente colocando-a em uma fila prioritária. Em outras palavras, você pode pagar mais para ter transações validadas mais rapidamente.

As taxas coletadas vão para os mineradores, que validam e registram as transações de Bitcoin e ajudam a manter o sistema fluido e funcional ao:

  • suportando o processamento de transações
  • pagando aos mineradores que validam as transações
  • eliminando transações de spam

Em outras palavras, as taxas de transação do Bitcoin protegem e preservam a integridade da rede Bitcoin.

Taxas de transação de Bitcoin

Conceitualmente, as taxas de transação do Bitcoin representam a velocidade com que um usuário deseja que sua transação seja validada no blockchain. Embora a natureza descentralizada do Bitcoin facilite a participação de qualquer pessoa como minerador - o que significa verificar e registrar transações para formar um bloco e ser unidas por uma cadeia. No entanto, o processo de mineração de Bitcoin, ou BTC, é complexo e caro. As plataformas de mineração são caras e muitas vezes consomem grandes quantidades de eletricidade, enquanto o subsídio do bloco e as taxas de transação ajudam a compensar esses custos e incentivam os mineradores sempre que um novo bloco é validado. 

Os mineradores recebem taxas de transação e subsídios de bloco como uma “recompensa de bloco” sempre que adicionam com sucesso um bloco ao blockchain. O subsídio em bloco é fixado a cada mineração de Bitcoin e foi reduzido pela metade (Bitcoin halving), o que acontecerá a cada quatro anos ou a cada 210.000 blocos. Olhando para 2009, um Bitcoin minerado renderia 50 BTC e em 2012, mas com o passar dos anos, as recompensas foram reduzidas pela metade, e o último halving em 2020 estabeleceu as recompensas em 6,25 BTC.

Os eventos de halving fazem com que o hashrate caia, aumentando assim o poder de computação e a energia necessários para minerar novos blocos. No entanto, as crescentes taxas de transação ajudam a incentivar os mineradores a manter a segurança e a sanidade da rede. As taxas de transação são determinadas com base em alguns fatores:

  • quão congestionada a rede de criptomoedas está atualmente
  • a quantidade de dados contidos na transação Bitcoin específica
  • a prioridade da transação

O último ponto está sob o controle do usuário. Se você precisar que sua transação Bitcoin seja processada com urgência, você pode optar por pagar uma taxa mais alta para priorizá-la. Se sua transação for menos urgente, você pode optar por uma taxa mais baixa. Nesse caso, a transação permanecerá no pool de memória (ou mempool) até que o tráfego diminua.

O mempool pode ser pensado como uma fila. Quando você inicia uma transação, ela vai para o mempool. As transações que estão aguardando permanecem no mempool até que um minerador as confirme e as adicione ao bloco. Quando o mempool é preenchido, os mineradores escolhem primeiro as transações de Bitcoin com taxas mais altas.

Esse sistema pode manter as transações em andamento com mais facilidade, mas também pode levar a uma espécie de guerra de lances. Muitas pessoas que usam criptomoedas estão dispostas a pagar um prêmio para garantir que suas transações sejam concluídas primeiro. No entanto, essa tática pode sair pela culatra, especialmente durante períodos de uso intenso. Alguns usuários acabam pagando taxas a mais, o que força outros mineradores a também aumentarem suas taxas.

Taxas de transação: Bitcoin vs. Ethereum

Os maiores nomes em criptomoedas são Bitcoin (BTC) e Ether (ETH) e entender como as taxas são calculadas pode garantir que você esteja pagando uma quantia justa para concluir sua transação, sem ser pego em uma guerra de lances ou estagnar desnecessariamente no mempool.

Calculando as taxas de transação do Bitcoin

Para calcular as taxas de bitcoin, você tem algumas opções. Com algumas carteiras, você pode automatizar o processo, o que permite escolher a rapidez com que deseja que sua transação seja concluída e pagar de acordo.

Primeiro, verifique as taxas atuais e depois multiplique com base no tamanho da sua transação. Os Bitcoins são divididos em Satoshis, que são o centésimo milionésimo (ou 0,00000001) BTC. Se sua transação for de 225 bytes e você escolher a taxa de 100 Satoshis por byte, poderá esperar pagar cerca de 22.500 Satoshis em taxas, já que 100 x 225 = 22.500. Atualmente, isso se traduz em pouco mais de US$ 14, considerando que 1 Satoshi custa US$ 0,00056666 ou US$ 0,00000001 BTC em 11 de outubro. 

Calculando as taxas de transação do Ethereum

Até 2021, tudo na rede da Ethereum era baseado em “gás”. Gás é a unidade ligada à quantidade de poder computacional necessária para completar uma transação específica. Apropriadamente chamado, gás refere-se à energia usada para manter a rede Ethereum em movimento.

Sob este sistema de pagamento, tudo foi associado ao gás. Um problema simples de adição pode exigir apenas 5 unidades de gás, enquanto a conclusão de uma transação real pode ter um custo de 20.000. Para determinar a taxa de transação, um usuário precisaria saber o preço do gás, que é medido em gwei, ou o equivalente a 0,000000001 (um bilionésimo) ETH.

Para calcular, você precisará multiplicar o custo do gás pelo preço do gás. Por exemplo, você pode ter uma transação que custará 20.000 unidades de gás, e o preço do gás é 100 gweiGwei é uma denominação de Ether (ETH), a criptomoeda que é usada para pagar bens e serviços no Ethereum bl... . Seu custo total para essa transação será de dois milhões de gwei, porque 20.000 x 100 = 2 milhões. Isso se traduz em um pouco acima de US$ 7, supondo que 1 gwei seja equivalente a US$ 0,00000359. 

Os usuários podem definir um “limite de gásO limite de gás pode ser definido como a quantidade máxima de gás que alguém pagará por uma operação a ser realizada no...”, que se refere ao seu limite de gastos ou quanto de gás você deseja usar para uma transação específica. Transações complexas exigiam mais trabalho, então seus limites de gás seriam necessariamente maiores do que para transações mais simples.

No entanto, esse sistema provou ser complicado e muitos usuários estavam pagando a menos, o que poderia levar à rejeição de sua transação ou à necessidade de pagar a mais. (Pense nisso como colocar muitos selos em um envelope que você deseja enviar, em vez de correr o risco de ter a carta devolvida por postagem insuficiente.) A atualização do EIP-1559 mudou a forma como os usuários pagam pelas transações. Os usuários de ETH, em vez disso, pagariam uma taxa básica para transações específicas. Parte de cada taxa arrecadada é “queimada”, o que retira as moedas de circulação, e o restante vai para os mineradores. Os usuários do ETH também têm a opção de “dar gorjeta” aos mineradores, o que pode acelerar o processamento e a gravação de suas transações.

Taxas médias de transação

As taxas de transação são um custo necessário para realizar transações financeiras no século 21, e as transações de criptomoedas não são exceção. Tanto o Bitcoin quanto o Ethereum vinculam o custo da transação ao seu tamanho, e os usuários podem pagar mais para acelerar o processo. A taxa média de transação de bitcoin varia de dia para dia, dependendo da quantidade de tráfego e de outros fatores. O mesmo se aplica à rede Ethereum.

Atualmente, as taxas médias de bitcoin estão entre US$ 2 e US$ 5, o que significa entre 3.700 e 9.170 Satoshi. A taxa média de transação de ETH varia de US$ 2 a US$ 7, ou 0,00056 a 0,002 ETH.

Média de transações por dia

As redes BTC e ETH estão florescendo, com inúmeras transações sendo concluídas e verificadas todos os dias. Na rede Bitcoin, cerca de 200.000 a 300.000 transações são concluídas diariamente. O Ethereum, por outro lado, completa mais de 1 milhão de transações por dia.

Concluir suas transações em um dia com pouco tráfego pode diminuir sua taxa de transações sem forçá-lo a comprometer a velocidade de verificação.

As alternativas

As altas taxas de transação do Bitcoin são atraentes para os mineradores, mas podem não ser tão populares entre os usuários. A estrutura de taxas pode ser tal que alguns usuários estão pagando o equivalente ao valor da transação em taxas, principalmente quando se trata de transações menores.

As taxas de transação não são o único problema que persegue o Bitcoin. A escalabilidade também está provando ser uma espécie de calcanhar de Aquiles. O protocolo Bitcoin define claramente o tamanho e a geração do bloco, o que restringe o Bitcoin a cerca de sete transações por segundoTransações por segundo (TPS) é o número de transações que uma rede blockchain pode processar a cada segundo ou o número o..., ou TPS. Isso levou o Bitcoin a se ramificar em forks adicionais, como Bitcoin Gold (BTG) e Bitcoin Cash (BCH). O Ethereum, por outro lado, possui blockchains maiores e pode processar cerca de 20 TPS e o ETH 2.0 está pagando o caminho para uma solução mais escalável.

Para alterar o protocolo Bitcoin, todos os seus usuários devem concordar e escolher um software específico. A Lightning Network oferece uma alternativa projetada como um protocolo de pagamento de camada 2, o que significa que está em camadas no topo do blockchain. Com a Lightning Network, você pode concluir inúmeras transações antes de fechar o canal de pagamento e liquidar a transação final com o blockchain.

Rede Lightning

A Lightning Network é uma solução off-chain que fica em cima de um blockchain não exclusivamente na rede do Bitcoin, principalmente ajuda a processar pagamentos de blockchain de forma rápida e segura, sem tempos de confirmação de bloco potencialmente longos. Ele ainda permite que os usuários concluam trocas atômicas de cadeia cruzada instantaneamente sem depender de terceiros. 

Um dos principais destaques da Lightning Network inclui sua capacidade de permitir pequenos pagamentos, ainda menos do que um Satoshi. O processo é mais privado, permitindo que várias transações individuais ocorram sem serem transmitidas via blockchain. Como o próprio nome sugere, a Lightning Network também é rápida, praticamente sem limites no TPS. Os tempos de liquidação são igualmente rápidos, com a transação média sendo liquidada em cerca de um minuto ou menos. As taxas também são mais baixas.

Para quem busca privacidade, velocidade e acessibilidade, a Lightning Network oferece uma excelente alternativa.

Um mecanismo de consenso mais escalável

Um mecanismo ou algoritmo de consenso refere-se a um protocolo específico projetado para garantir que as redes de computadores possam trabalhar em conjunto com eficiência, mantendo a segurança. O algoritmo é frequentemente usado para garantir que a rede criptográfica funcione de forma eficaz e evite certos tipos de ataques ao sistema.

Se a principal fraqueza do Bitcoin é sua escalabilidade, um mecanismo de consenso mais escalável pode ajudar a reduzir os custos. Atualmente, o Bitcoin é executado em um consenso de prova de trabalho (PoW), que exige que cada nó resolva problemas matemáticos complexos para validar uma transação. O primeiro a completar o problema pode adicionar o próximo bloco à cadeia. O bloco é então verificado, com os dados inseridos no blockchain.

O protocolo de prova de participação (PoS) é mais escalável e sustentável do que o PoW. PoS vincula o poder de mineração à participação acionária. Os mineradores não precisam gastar energia resolvendo problemas matemáticos, mas limitam-se a minerar um número específico de transações vinculadas à sua participação acionária. Um minerador com uma participação acionária de 1% poderia então minerar 1% dos blocos.

Os sistemas PoS também são menos vulneráveis ​​a um certo tipo de ataque econômico. Um minerador teria que possuir mais da metade das moedas digitais em uma rede para lançar um ataque ao sistema, o que seria desvantajoso para seus interesses.

Em última análise, um sistema PoS é mais escalável, energeticamente eficiente e seguro do que os sistemas PoW.

Acampar para menos congestionamento

Assim como um engarrafamento causa congestionamento, um número maior de transações esperando em uma rede resulta em movimento mais lento e taxas mais altas. Portanto, as taxas tendem a aumentar durante os períodos de pico de uso.

Se sua transação Bitcoin não for urgente, você pode “acampar” e esperar por uma abertura, assim como você pode optar por sair um pouco mais tarde para evitar o tráfego na hora do rush. O blockchain tende a ter picos e vales previsíveis, devido às empresas que concluem transações maiores. Esperar até o fim de semana para concluir o seu pode significar menos tráfego, transações de compensação mais rápidas e taxas menores. Essa é uma das vantagens dos mercados que nunca fecham.

Embora as taxas personalizadas sejam possíveis, os mineradores priorizam e processam as transações com base em vários fatores, incluindo o tamanho da taxa. Suas transações maiores podem demorar um pouco mais para serem concluídas, mas elas serão adicionadas ao blockchain, geralmente quando o tráfego diminuir.

A linha inferior

Taxas mais altas ou mais baixas podem reduzir significativamente seus lucros e afetar seus ganhos e perdas de capital. Embora essas taxas sejam uma parte necessária da transação em um ativo digital, você pode tomar medidas para reduzir seus custos gerais e reduzir o risco de pagamento excessivo, seja optar por um sistema alternativo para transações menores, como Lightning Network, ou esperar até o momento ideal para processar suas transações. Pesquisar suas opções e encontrar a melhor para suas necessidades pode ajudá-lo a economizar tanto nos preços de suas transações quanto no custo de fazer negócios.

Pensamentos finais

As taxas de transação são parte integrante da criptoeconomia das redes blockchain. Eles fazem parte dos incentivos dados aos usuários que mantêm a rede funcionando. As taxas também oferecem uma camada de proteção contra comportamento malicioso e spam.

No entanto, a quantidade de tráfego que algumas redes recebem levou a taxas significativamente mais altas. A natureza descentralizada da maioria das blockchains dificulta a escalabilidade. É verdade que algumas redes apresentam alta escalabilidade e taxa de transferência de transações, mas isso geralmente vem com um sacrifício de segurança ou descentralização.

Ainda assim, existem vários pesquisadores e desenvolvedores trabalhando em melhorias que esperamos trazer mais inclusão quando se trata de criptomoedas no mundo em desenvolvimento.

A Collection About Awesome Blockchains

Mining Digital Gold one Block at a Time?! • Don't Expect to Get Insanely Rich (Quick) • Tulips :tulip::tulip::tulip: (like Blockchains) are Great and Gorgeous (and will Endure)

b0 = Block.first(
        { from: "Dutchgrown", to: "Vincent", what: "Tulip Bloemendaal Sunset", qty: 10 },
        { from: "Keukenhof",  to: "Anne",    what: "Tulip Semper Augustus",    qty: 7  } )

b1 = Block.next( b0,
        { from: "Flowers",    to: "Ruben",   what: "Tulip Admiral van Eijck",  qty: 5  },
        { from: "Vicent",     to: "Anne",    what: "Tulip Bloemendaal Sunset", qty: 3  },
        { from: "Anne",       to: "Julia",   what: "Tulip Semper Augustus",    qty: 1  },
        { from: "Julia",      to: "Luuk",    what: "Tulip Semper Augustus",    qty: 1  } )
...

(Source: blockchain_with_transactions.rb)

Awesome Blockchains

A collection about awesome blockchains - open distributed databases w/ crypto hashes incl. git ;-). Blockchains are the new tulips :tulip::tulip::tulip:.

Contents:

What's News?

For blockchain books, see the new Best of Crypto Books page »

The Open Blockchains Book of the Year 2020 Award Goes To...

Libra Shrugged: How Facebook Tried to Take Over the Money by David Gerard, November 2020, 182 Pages -- Introduction: Taking over the money ++ A user's guide to Libra ++ The genesis of Libra: Beller's blockchain ++ To launch a Libra: Let’s start a crypto ++ Bitcoin: why Libra is like this ++ The Libra White Papers ++ Banking the unbanked ++ The Libra Reserve plan and economic stability ++ Libra, privacy and your digital identity ++ The regulators recoil in horror ++ David Marcus before the US House and Senate ++ July to September 2019: Libra runs the gauntlet ++ October 2019: Libra's bad month ++ Mark Zuckerberg before the US House ++ November 2019: The comedown ++ Central bank digital currencies ++ Epilogue: Libra 2.0: not dead yet ++ Appendix: 2010–2013: The rise and fall of Facebook Credits

For more about Diem (formerly Libra), see the Awesome Diem (formerly Libra) and Move page »


For crypto quotes, see the new 100+ Best of Crypto Quotes - I HODL, you HODL, we HODL! - BREAKING: BITCOIN JUST BROKE $22 000! page »

The Best Crypto Quote "Oracle Saying" of the Year 2020 Award Goes To...

SEC Investor Education:

  • Don't understand an investment?
  • Don't invest in it.

Yes, but what if there's only 21 million of it?

- Trolly McTrollface

Frequently Asked Questions (F.A.Q.s) & Answers

Q: What's a Blockchain?

A: A blockchain is a distributed database with a list (that is, chain) of records (that is, blocks) linked and secured by digital fingerprints (that is, cryptho hashes). Example from blockchain.rb:

[#<Block:0x1eed2a0
  @timestamp     = 1637-09-15 20:52:38,
  @data          = "Genesis",
  @previous_hash = "0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000",
  @hash          = "edbd4e11e69bc399a9ccd8faaea44fb27410fe8e3023bb9462450a0a9c4caa1b">,
 #<Block:0x1eec9a0
  @timestamp     = 1637-09-15 21:02:38,
  @data          = "Transaction Data...",
  @previous_hash = "edbd4e11e69bc399a9ccd8faaea44fb27410fe8e3023bb9462450a0a9c4caa1b",
  @hash          = "eb8ecbf6d5870763ae246e37539d82e37052cb32f88bb8c59971f9978e437743">,
 #<Block:0x1eec838
  @timestamp     = 1637-09-15 21:12:38,
  @data          = "Transaction Data......",
  @previous_hash = "eb8ecbf6d5870763ae246e37539d82e37052cb32f88bb8c59971f9978e437743",
  @hash          = "be50017ee4bbcb33844b3dc2b7c4e476d46569b5df5762d14ceba9355f0a85f4">,
  ...

Q: What's a Hash? What's a (One-Way) Crypto(graphic) Hash Digest Checksum?

A: A hash e.g. eb8ecbf6d5870763ae246e37539d82e37052cb32f88bb8c59971f9978e437743 is a small digest checksum calculated with a one-way crypto(graphic) hash digest checksum function e.g. SHA256 (Secure Hash Algorithm 256 Bits) from the data. Example from blockchain.rb:

def calc_hash
  sha = Digest::SHA256.new
  sha.update( @timestamp.to_s + @previous_hash + @data )
  sha.hexdigest   ## returns "eb8ecbf6d5870763ae246e37539d82e37052cb32f88bb8c59971f9978e437743"
end

A blockchain uses

  • the block timestamp (e.g. 1637-09-15 20:52:38) and
  • the hash from the previous block (e.g. edbd4e11e69bc399a9ccd8faaea44fb27410fe8e3023bb9462450a0a9c4caa1b) and finally
  • the block data (e.g. Transaction Data...)

to calculate the new hash digest checksum, that is, the hash e.g. be50017ee4bbcb33844b3dc2b7c4e476d46569b5df5762d14ceba9355f0a85f4.

Q: What's a Merkle Tree?

A: A Merkle tree is a hash tree named after Ralph Merkle who patented the concept in 1979 (the patent expired in 2002). A hash tree is a generalization of hash lists or hash chains where every leaf node (in the tree) is labelled with a data block and every non-leaf node (in the tree) is labelled with the crypto(graphic) hash of the labels of its child nodes. For more see the Merkle tree Wikipedia Article.

Note: By adding crypto(graphic) hash functions you can "merkelize" any data structure.

Q: What's a Merkelized DAG (Directed Acyclic Graph)?

A: It's a blockchain secured by crypto(graphic) hashes that uses a directed acyclic graph data structure (instead of linear "classic" linked list).

Note: Git uses merkelized dag (directed acyclic graph)s for its blockchains.

Q: Is the Git Repo a Blockchain?

A: Yes, every branch in the git repo is a blockchain. The "classic" Satoshi-blockchain is like a git repo with a single master branch (only).

Do-It-Yourself (DIY) - Build Your Own Blockchain

PythonRubyJavaScriptJavaGo

Python

Let's Build the Tiniest Blockchain in Python Series by Gerald Nash

Build Your Own Blockchain: A Python Tutorial by Eric Munsing, March 2017, (Source)

Learn Blockchains by Building One (in Python) by Daniel van Flymen, September 2017, (Source) -- The fastest way to learn how Blockchains work is to build one

Build Your Own Blockchain (in Python 3) Series by Jack Schultz, (Source)

A Practical Introduction to Blockchain with Python by Adil Moujahid, March 2018, (Source)

Ruby

How Does Bitcoin Force Consensus Among Byzantine Generals? by Fabio Akita, November 2017

blockchain-lite - Build your own blockchains with crypto hashes; revolutionize the world with blockchains, blockchains, blockchains one block at a time! by Gerald Bauer, Ruby Advent Calendar 2017 / Day 1, December 2017

merkletree library - Build Your Own Crypto Hash Trees; Grow Your Own Money on Trees by Gerald Bauer, Ruby Advent Calendar 2017 / Day 19, December 2017

centralbank command line tool (and library) - Print Your Own Money / Cryptocurrency; Run Your Own Federated Central Bank Nodes on the Blockchain Peer-to-Peer over HTTP by Gerald Bauer, Ruby Advent Calendar 2017 / Day 24, December 2017

A guide to building a blockchain & cryptocurrency from scratch (Source) by Antoine Fink, April 2021

Crystal

Write your own blockchain and Proof-of-Work (PoW) algorithm using Crystal by Bradford Lamson-Scribner, May 2018, (Source)

JavaScript

Writing a Tiny Blockchain in JavaScript by Xavier Decuyper, July 2017

Node.js Blockchain Imlementation: BrewChain: Chain+WebSockets+HTTP Server by Darren Beck, November 2017, (Source) -- Protecting the tea making ledger from unscrupulous colleagues

Build your own Blockchain in Javascript/Visualization of Blockchains by Nam Chu Hoai, January 2018

TypeScript

Naivecoin: a tutorial for building a cryptocurrency by Lauri Hartikka, (Source)

Java

Creating Your First Blockchain with Java, Part 1 by Kass, December 2017, (Source)

Kotlin

Let's implement a cryptocurrency in Kotlin by Vasily Fomin, July 2018, (Source)

SQL

Blockchain by Example in SQL Server by Benjamin Campbell, December 2017, (Source)

Rust

Building Blockchain in Rust Series by Jacob Lindahl, GeekLaunch, (Source), (Slide Decks in PDF)

Go

Building Blockchain in Go Series by Ivan Kuznetsov, (Source)

Blockchain Series in Go by by Coral Health (Source)

Talk Notes

More

See Build your own Blockchain / Cryptocurrency @ Build your own (insert technology here)

Samples

Blockchain from Scratch - Ruby Version

class Block

  attr_reader :timestamp
  attr_reader :data
  attr_reader :previous_hash
  attr_reader :hash

  def initialize(data, previous_hash)
    @timestamp     = Time.now
    @data          = data
    @previous_hash = previous_hash
    @hash          = calc_hash
  end

  def self.first( data="Genesis" )    # create genesis (big bang! first) block
    ## note: uses all zero for previous_hash ("0")
    Block.new( data, "0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000" )
  end

  def self.next( previous, data="Transaction Data..." )
    Block.new( data, previous.hash )
  end

private

  def calc_hash
    sha = Digest::SHA256.new
    sha.update( @timestamp.to_s + @previous_hash + @data )
    sha.hexdigest
  end

end  # class Block


#####
## let's get started
##   build a blockchain a block at a time

b0 = Block.first( "Genesis" )
b1 = Block.next( b0, "Transaction Data..." )
b2 = Block.next( b1, "Transaction Data......" )
b3 = Block.next( b2, "More Transaction Data..." )

blockchain = [b0, b1, b2, b3]

pp blockchain

(Source: blockchain.rb)

will pretty print (pp) something like:

[#<Block:0x1eed2a0
  @timestamp     = 1637-09-15 20:52:38,
  @data          = "Genesis",
  @previous_hash = "0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000",
  @hash          = "edbd4e11e69bc399a9ccd8faaea44fb27410fe8e3023bb9462450a0a9c4caa1b">,
 #<Block:0x1eec9a0
  @timestamp     = 1637-09-15 21:02:38,
  @data          = "Transaction Data...",
  @previous_hash = "edbd4e11e69bc399a9ccd8faaea44fb27410fe8e3023bb9462450a0a9c4caa1b",
  @hash          = "eb8ecbf6d5870763ae246e37539d82e37052cb32f88bb8c59971f9978e437743">,
 #<Block:0x1eec838
  @timestamp     = 1637-09-15 21:12:38,
  @data          = "Transaction Data......",
  @previous_hash = "eb8ecbf6d5870763ae246e37539d82e37052cb32f88bb8c59971f9978e437743",
  @hash          = "be50017ee4bbcb33844b3dc2b7c4e476d46569b5df5762d14ceba9355f0a85f4">,
 #<Block:0x1eec6d0
  @timestamp     = 1637-09-15 21:22:38,
  @data          = "More Transaction Data...",
  @previous_hash = "be50017ee4bbcb33844b3dc2b7c4e476d46569b5df5762d14ceba9355f0a85f4",
  @hash          = "5ee2981606328abfe0c3b1171440f0df746c1e1f8b3b56c351727f7da7ae5d8d">]

Comments from the reddit ruby posting:

Wait, so a blockchain is just a linked list?

No. A linked list is only required to have a reference to the previous element, a block must have an identifier depending on the previous block's identifier, meaning that you cannot replace a block without recomputing every single block that comes after. In this implementation that happens as the previous digest is input in the calc_hash method.

What about Proof of Work / Waste?

Let's add a proof of work / waste to the blockchain. In the classic blockchain you have to compute a block hash that starts with leading zeros (00). The more leading zeros the harder (more difficult) to compute. Let's keep it easy to compute with two leading zeros (00), that is, 16^2 = 256 possibilites (^1,2). Three leading zeros (000) would be 16^3 = 4_096 possibilites and four zeros (0000) would be 16^4 = 65_536 and so on.

(^1): 16 possibilties because it's a hex or hexadecimal or base 16 number, that is, 0 1 2 3 4 6 7 8 9 a (10) b (11) c (12) d (13) e (14) f (15).

(^2): A random secure hash algorithm needs on average 256 tries (might be lets say 305 tries, for example, because it's NOT a perfect statistic distribution of possibilities).

Example:

def compute_hash_with_proof_of_work( difficulty="00" )
  nonce = 0
  loop do
    hash = calc_hash_with_nonce( nonce )
    if hash.start_with?( difficulty )  
      return [nonce,hash]     ## bingo! proof of work if hash starts with leading zeros (00)
    else
      nonce += 1              ## keep trying (and trying and trying)
    end
  end
end

def calc_hash_with_nonce( nonce=0 )
  sha = Digest::SHA256.new
  sha.update( nonce.to_s + @timestamp.to_s + @previous_hash + @data )
  sha.hexdigest
end

(Source: blockchain_with_proof_of_work.rb)

Let's rerun the sample with the proof of work machinery added. Now the sample will pretty print (pp) something like:

[#<Block:0x1e204f0
  @timestamp     = 1637-09-20 20:13:38,
  @data          = "Genesis",
  @previous_hash = "0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000",
  @nonce         = 242,
  @hash          = "00b8e77e27378f9aa0afbcea3a2882bb62f6663771dee053364beb1887e18bcf">,
 #<Block:0x1e56e20
  @timestamp     = 1637-09-20 20:23:38,
  @data          = "Transaction Data...",
  @previous_hash = "00b8e77e27378f9aa0afbcea3a2882bb62f6663771dee053364beb1887e18bcf",
  @nonce         = 46,
  @hash          = "00aae8d2e9387e13c71b33f8cd205d336ac250d2828011f5970062912985a9af">,
 #<Block:0x1e2bd58
  @timestamp     = 1637-09-20 20:33:38,
  @data          = "Transaction Data......",
  @previous_hash = "00aae8d2e9387e13c71b33f8cd205d336ac250d2828011f5970062912985a9af",
  @nonce         = 350,
  @hash          = "00ea45e0f4683c3bec4364f349ee2b6816be0c9fd95cfd5ffcc6ed572c62f190">,
 #<Block:0x1fa8338
  @timestamp     = 1637-09-20 20:43:38,
  @data          = "More Transaction Data...",
  @previous_hash = "00ea45e0f4683c3bec4364f349ee2b6816be0c9fd95cfd5ffcc6ed572c62f190",
  @nonce         = 59,
  @hash          = "00436f0fca677652963e904ce4c624606a255946b921132d5b1f70f7d86c4ab8">]

See the difference? All hashes now start with leading zeros (00) and the nonce is the random "lucky number" that makes it happen. That's the magic behind the proof of work.

Blockchain from Scratch - JavaScript Version

class Block {

  constructor(data, previousHash) {
    this.timestamp    = new Date()
    this.data         = data
    this.previousHash = previousHash
    this.hash         = this.calcHash()
  }

  calcHash() {
    var sha = SHA256.create()
    sha.update( this.timestamp.toString() + this.previousHash + this.data )
    return sha.hex()
  }

  static first( data="Genesis" ) {    // create genesis (big bang! first) block
    // uses all-zero previousHash
    return new Block( data, "0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000" )
  }

  static next( previous, data="Transaction Data..." ) {
    return new Block( data, previous.hash )
  }
}


//////
// let's get started
//   build a blockchain a block at a time

b0 = Block.first( "Genesis" )
b1 = Block.next( b0, "Transaction Data..." )
b2 = Block.next( b1, "Transaction Data......" )
b3 = Block.next( b2, "More Transaction Data..." )


blockchain = [b0, b1, b2, b3]

console.log( blockchain )

(Source: blockchain.js)

will log something like:

[ Block {
     timestamp    : 1637-09-18 08:25:54,
     data         : 'Genesis',
     previousHash : '0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000',
     hash         : 'c396de4c03ddb5275661982adc75ce5fc5905d2a2457d1266c74436c1f3c50f1' },
   Block {
     timestamp    : 1637-09-18 08:35:54,
     data         : 'Transaction Data...',
     previousHash : 'c396de4c03ddb5275661982adc75ce5fc5905d2a2457d1266c74436c1f3c50f1',
     hash         : '493131e09c069645c82795c96e4715cea0f5558be514b5096d853a5b9899154a' },
   Block {
     timestamp    : 1637-09-18 08:45:54,
     data         : 'Transaction Data......',
     previousHash : '493131e09c069645c82795c96e4715cea0f5558be514b5096d853a5b9899154a',
     hash         : '97aa3cb5052615d60ff8e6b41bef606562588c4874f011970ac2f218e2f0f4a8' },
   Block {
     timestamp    : 1637-09-18 08:55:54,
     data         : 'More Transaction Data...',
     previousHash : '97aa3cb5052615d60ff8e6b41bef606562588c4874f011970ac2f218e2f0f4a8',
     hash         : 'e10e020f832e46c2b60e1c3c0412bd370b2fde5f0f782c16eb87d0313ea0d3a3' } ]

Blockchain Articles

Reflections on the Blockchain by Rufus Pollock (Open Knowledge Foundation), July 2016 -- The DAO: Code is not Law – and It’s Dangerous to Think So ++ The Internet changed the world - surely the Blockchain will too? ++ Gold-rush or Internet-rush? ++ Governance Matters in Bitcoin ++ The Myth of a Costless, Ownerless Network ++ Lessons from History

On the Dangers of a Blockchain Monoculture by Tony Arcieri, January 2016 -- The Bitcoin blockchain: the world's worst database ++ Next-generation protocols ++ Decentralized ledger protocols ++ Bitcoin-NG ++ Blockchain! Blockchain! Blockchain! ++ The great decentralized database in the sky

I Don’t Believe in Blockchain by Tim Bray, May 2017

Minimum Viable Blockchain by Ilya Grigorik, May 2014 -- Securing transactions with triple-entry bookkeeping ++ Securing transactions with PKI ++ Balance = Σ(receipts) ++ Multi-party transfers & verification ++ Double-spending and distributed consensus - Requirements for a distributed consensus network; Protecting the network from Sybil attacks; Proof-of-work as a participation requirement ++ Building the minimum viable blockchain - Adding "blocks" & transaction fee incentives; Racing to claim the transaction fees; Resolving chain conflicts; Blocks are never final ++ Properties of the (minimum viable) blockchain

Blockchains by analogies and applications: How blockchain compares to Git, Raft, and other technologies. by Kieren James-Lubin, January 2016 -- Blockchains are databases ++ Understanding transactions ++ Persistent, replicated databases (related technology: Git) ++ Peer-to-peer networks (related technology: BitTorrent) ++ Distributed consensus (related technology: distributed databases, Raft) ++ Minting new coins (mining) ++ Embedded identities (related technology: TLS) ++ Smart contracts: Like SQL expressions & triggers ++ What can we really do with blockchains?

Blockchain Books

Attack of the 50 Foot Blockchain: Bitcoin, Blockchain, Ethereum & Smart Contracts by David Gerard, London, 2017 -- What is a bitcoin? ++ The Bitcoin ideology ++ The incredible promises of Bitcoin! ++ Early Bitcoin: the rise to the first bubble ++ How Bitcoin mining centralised ++ Who is Satoshi Nakamoto? ++ Spending bitcoins in 2017 ++ Trading bitcoins in 2017: the second crypto bubble ++ Altcoins ++ Smart contracts, stupid humans ++ Business bafflegab, but on the Blockchain ++ Case study: Why you can’t put the music industry on a blockchain

Mastering Bitcoin - Programming the Open Blockchain 2nd Edition, by Andreas M. Antonopoulos, 2017 - FREE (Online Source Version) -- What Is Bitcoin? ++ How Bitcoin Works ++ Bitcoin Core: The Reference Implementation ++ Keys, Addresses ++ Wallets ++ Transactions ++ Advanced Transactions and Scripting ++ The Bitcoin Network ++ The Blockchain ++ Mining and Consensus ++ Bitcoin Security ++ Blockchain Applications


BEWARE: Bitcoin is a gigantic ponzi scheme¹. To the moon!? The new gold standard!? Do NOT "invest" trying to get-rich-quick HODLing. Why not? The bitcoin code is archaic and out-of-date. Burn, baby, burn! Proof-of-work / waste is a global energy environmental disaster using 300 kW/h per bitcoin transaction (!) that's about 179 kilograms of CO₂ emissions². Programmable money (or the internet of value) for all future generations with (bitcoin) script without loops and jumps (gotos) and all "stateless"!? LOL.

¹: (Source: Best of Bitcoin Maximalist - Scammers, Morons, Clowns, Shills & BagHODLers - Inside The New New Crypto Ponzi Economics)

²: Assuming let's say 0.596 kilograms of CO₂ per kW/h (that's the energy efficiency in Germany) that's about 179 kilograms of CO₂ per bitcoin transaction (300 kW/h × 0.596 kg). For more insights see the Bitcoin Energy Consumption Index.


Programming Bitcoin from Scratch by Jimmy Song, 2019 - FREE (Online Source Version) -- Chapter 6 - Script - How Script Works • Example Operations • Parsing the Script Fields • Combining the Script Fields • Standard Scripts • p2pk • Problems with p2pk • Solving the Problems with p2pkh • Scripts Can Be Arbitrarily Constructed • Conclusion ++ Chapter 8 - Pay-to-Script Hash - Bare Multisig • Coding OP_CHECKMULTISIG • Problems with Bare Multisig • Pay-to-Script-Hash (p2sh) • Coding p2sh • Conclusion ++ Chapter 13 - Segregated Witness - Pay-to-Witness-Pubkey-Hash (p2wpkh) • p2wpkh Transactions • p2sh-p2wpkh • Coding p2wpkh and p2sh-p2wpkh • Pay-to-Witness-Script-Hash (p2wsh) • p2sh-p2wsh • Coding p2wsh and p2sh-p2wsh • Other Improvements • Conclusion

Programming Bitcoin Script Transaction (Crypto) Contracts Step-by-Step ( Beta / Rough Draft ) by Gerald Bauer et al, 2019 - FREE (Online Version) -- Let's start with building your own bitcoin stack machine from zero / scratch and let's run your own bitcoin ops (operations)...

Programming Blockchains in Ruby from Scratch Step-by-Step Starting w/ Crypto Hashes... ( Beta / Rough Draft ) by Gerald Bauer et al, 2018 - FREE (Online Version) -- (Crypto) Hash ++ (Crypto) Block ++ (Crypto) Block with Proof-of-Work ++ Blockchain! Blockchain! Blockchain! ++ Blockchain Broken? ++ Timestamping ++ Mining, Mining, Mining - What's Your Hash Rate? ++ Bitcoin, Bitcoin, Bitcoin ++ (Crypto) Block with Transactions (Tx)

Mastering Ethereum - Building Contract Services and Decentralized Apps on the Blockchain - by Andreas M. Antonopoulos, Gavin Wood, 2018 - FREE (Online Source Version) What is Ethereum ++ Introduction ++ Ethereum Clients ++ Ethereum Testnets ++ Keys and Addresses ++ Wallets ++ Transactions ++ Contract Services ++ Tokens ++ Oracles ++ Accounting & Gas ++ EVM (Ethereum Virtual Machine) ++
Consensus ++
DevP2P (Peer-To-Peer) Protocol ++ Dev Tools and Frameworks ++ Decentralized Apps ++ Ethereum Standards (EIPs/ERCs)

Building Decentralized Apps on the Ethereum Blockchain by Roberto Infante, 2018 - FREE chapter 1 -- Understanding decentralized applications ++ The Ethereum blockchain ++ Building contract services in (JavaScript-like) Solidity ++ Running contract services on the Ethereum blockchain ++ Developing Ethereum Decentralized apps with Truffle ++ Best design and security practice

Programming Crypto Blockchain Contracts Step-by-Step Book / Guide ( Beta / Rough Draft ) by Gerald Bauer et al, 2019 - FREE (Online Version) -- Let's Start with Ponzi & Pyramid Schemes. Run Your Own Lotteries, Gambling Casinos and more on the Blockchain World Computer...

Programming Cryptocurrencies and Blockchains in Ruby ( Beta / Rough Draft ) by Gerald Bauer et al, 2018 - FREE (Online Version) @ Yuki & Moto Press Bookshelf -- Digital $$$ Alchemy - What's a Blockchain? - How-To Turn Digital Bits Into $$$ or €€€? • Decentralize Payments. Decentralize Transactions. Decentralize Blockchains. • The Proof of the Pudding is ... The Bitcoin (BTC) Blockchain(s) ++ Building Blockchains from Scratch - A Blockchain in Ruby in 20 Lines! A Blockchain is a Data Structure • What about Proof-of-Work? What about Consensus? • Find the Lucky Number - Nonce == Number Used Once ++ Adding Transactions - The World's Worst Database - Bitcoin Blockchain Mining • Tulips on the Blockchain! Adding Transactions ++ Blockchain Lite - Basic Blocks • Proof-of-Work Blocks • Transactions ++ Merkle Tree - Build Your Own Crypto Hash Trees; Grow Your Own Money on Trees • What's a Merkle Tree? • Transactions ++ Central Bank - Run Your Own Federated Central Bank Nodes on the Blockchain Peer-to-Peer over HTTP • Inside Mining - Printing Cryptos, Cryptos, Cryptos on the Blockchain ++ Awesome Crypto ++ Case Studies - Dutch Gulden • Shilling • CryptoKitties (and CryptoCopycats)

Blockchain for Dummies, IBM Limited Edition by Manav Gupta, 2017 - FREE (Digital Download w/ Email) -- Grasping Blockchain Fundamentals ++ Taking a Look at How Blockchain Works ++ Propelling Business with Blockchains ++ Blockchain in Action: Use Cases ++ Hyperledger, a Linux Foundation Project ++ Ten Steps to Your First Blockchain application

Get Rich Quick "Business Blockchain" Bible - The Secrets of Free Easy Money, 2018 - FREE -- Step 1: Sell hot air. How? ++ Step 2: Pump up your tokens. How? ++ Step 3: Revolutionize the World. How?

Best of Bitcoin Maximalist - Scammers, Morons, Clowns, Shills & BagHODLers - Inside The New New Crypto Ponzi Economics by Trolly McTrollface, et al, 2018 - FREE

Crypto Facts - Decentralize Payments - Efficient, Low Cost, Fair, Clean - True or False? by Nouriel Roubini, David Gerard, et al, 2018 - FREE

Crypto is the Mother of All Scams and (Now Busted) Bubbles - While Blockchain Is The Most Over-Hyped Technology Ever, No Better than a Spreadsheet/Database by Nouriel Roubini, 2018 - FREE

IslandCoin White Paper - A Pen and Paper Cash System - How to Run a Blockchain on a Deserted Island by Tal Kol -- Motivation ++ Consensus ++ Transaction and Block Specification - Transaction format • Block format • Genesis block ++ References

Blockchain (Lite) Crypto Hash Libraries

RubyJavaScript

Ruby

blockchain.lite (github: openblockchains/blockchain.lite.rb, gem: blockchain-lite) - build your own blockchain with crypto hashes - revolutionize the world with blockchains, blockchains, blockchains one block at a time

require 'blockchain-lite'

b0 = Block.first( "Genesis" )
b1 = Block.next( b0, "Transaction Data..." )
b2 = Block.next( b1, "Transaction Data......" )
b3 = Block.next( b2, "More Transaction Data..." )

blockchain = [b0, b1, b2, b3]

pp blockchain   

will pretty print (pp) something like:

[#<Block:0x1eed2a0
  @timestamp     = 1637-09-15 20:52:38,
  @data          = "Genesis",
  @previous_hash = "0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000",
  @hash          = "edbd4e11e69bc399a9ccd8faaea44fb27410fe8e3023bb9462450a0a9c4caa1b">,
 #<Block:0x1eec9a0
  @timestamp     = 1637-09-15 21:02:38,
  @data          = "Transaction Data...",
  @hash          = "eb8ecbf6d5870763ae246e37539d82e37052cb32f88bb8c59971f9978e437743",
  @previous_hash = "edbd4e11e69bc399a9ccd8faaea44fb27410fe8e3023bb9462450a0a9c4caa1b">,
  ...

JavaScript

blockchain.lite (github: openblockchains/blockchain.lite.js, npm: blockchain-lite) - build your own blockchain with crypto hashes - revolutionize the world with blockchains, blockchains, blockchains one block at a time

const Blocks = require( "blockchain-lite" )

// use basic block
let Block = Blocks.basic

let b0 = Block.first( 'Genesis' )
let b1 = Block.next( b0, 'Transaction Data...' )
let b2 = Block.next( b1, 'Transaction Data......' )
let b3 = Block.next( b2, 'More Transaction Data...' )

let blockchain = [b0, b1, b2, b3]

console.log( blockchain )

will log something like:

[ Block {
    timestamp:     2017-09-25 17:03:38,
    data:         'Genesis',
    previousHash: '0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000',
    hash:         '08f4fa71628c5bc6b430228738bc8c41afaf508ece0b1cf9c9cac53d02e11829' },
  Block {
    timestamp:     2017-09-25 17:13:38,
    data:         'Transaction Data...',
    previousHash: '08f4fa71628c5bc6b430228738bc8c41afaf508ece0b1cf9c9cac53d02e11829',
    hash:         '740a4aeb3441484c96d1e7f63d31b716220ccee3b6fe94547cae2afbb6010626' },
  Block {
    timestamp:     2017-09-25 17:23:38,
    data:         'Transaction Data......',
    previousHash: '740a4aeb3441484c96d1e7f63d31b716220ccee3b6fe94547cae2afbb6010626',
    hash:         '28b6892a069e2ff7f1c3128ab495d7cd9b9b1636a51a7f69db93a14b1ee6b1a7' },
  Block {
    timestamp:     2017-09-25 17:33:38,
    data:         'More Transaction Data...',
    previousHash: '28b6892a069e2ff7f1c3128ab495d7cd9b9b1636a51a7f69db93a14b1ee6b1a7',
    hash:         '4cc0329b2c0cb32e0451fa3179bd944d4cd0fcf410939172f979e9fd2aa9f5f3' } ]

Git, Git, Git - The Stupid Content Tracker with Crypto Hashes

Everything is local. Distributed is the new centralized.

Quotes - Blockchains and Git

Yep, that's the joke. Nobody has been able to explain to me how the "blockchain" buzzword is significantly different to "git repo". -- Yaakov

But if you said "let's build a currency where all transactions are stored in a git repo" you wouldn't be taken seriously for even 24 hrs. -- Yaakov

Soon explaining git like "a git repo is like a blockchain with commits instead of blocks". -- Nicolás Berger

"A local branch is like a state channel. It can be pushed and merged into the master blockchain at any moment." -- Nicolás Berger

The #Blockchain has changed the world. Here I make the argument that the #Blockchain is just like #git. -- Jackson Kelley

git merge [-m REF] [-g BLOB] --push Merge and push all signed commits to the blockchain. -- Git Commands

Books

Learn Enough Git to Be Dangerous by Michael Hartl - FREE (Online Version) -- Getting started ++ Backing up and sharing ++ Intermediate workflow ++ Collaborating ++ Conclusion ++ Advanced setup

Pro Git by Scott Chacon and Ben Straub, 2nd Edition, 2014 - FREE (Online Version) -- Getting Started ++ Git Basics ++ Git Branching ++ Git on the Server ++ Distributed Git ++ GitHub ++ Git Tools ++ Customizing Git ++ Git and Other Systems ++ Git Internals ++ A1: Git in Other Environments ++ A2: Embedding Git in your Applications ++ A3: Git Commands

Git gets easier once you get the basic idea that branches are homeomorphic endofunctors mapping submanifolds of a Hilbert space. -- Anonymous

Open Distributed Databases on Git

football.db - open public domain football datasets (incl. clubs, national teams, leagues, match schedules, etc.)

world.db - open public domain world (country) datasets

beer.db - open public domain beer & brewery datasets

Add a beer transaction to the #blockchain on #git and win a free Wiener Lager beer! Cheers. Prost. -- Gerald Bauer @ Austria Codes

Open Distributed (Hyper) Ledger Books on Git

Shilling (or Schilling) - Shilling on the Blockchain! - Rock-Solid Alpine Dollar from Austria

Tulips - Tulips on the Blockchain! - Learn by Example from the Real World (Anno 1637) - Buy! Sell! Hold! Enjoy the Beauty of Admiral of Admirals, Semper Augustus, and More

Classic Tulip Mania

A period in the Dutch Golden Age during which contract prices for bulbs of the recently introduced tulip reached extraordinarily high levels and then dramatically collapsed in February 1637.

Quotes - Blockchains are the next Internets / Tulips

People who compare digital tokens to tulips are essentially saying digital tokens are a bubble backed by nothing but pure hype and speculation.

What they fail to understand is that tulips come from dirt, not a blockchain.

And as we all know, blockchain is possibly the best technological innovation since the internet. It will have a tremendous impact on global business and society in general. -- TulipToken

Books

Tulipomania: The Story of the World's Most Coveted Flower & the Extraordinary Passions It Aroused by Mike Dash, 2001 -- A Mania for Tulips ++ The Valley of Tien Shan ++ Within the Abode of Bliss ++ Stranger from the East ++ Clusius ++ Leiden ++ An Adornment to the Cleavage ++ The Tulip in the Mirror ++ Florists ++ Boom ++ At the Sign of the Golden Grape ++ The Orphans of Wouter Winkel ++ Bust ++ Goddess of Whores ++ At the Court of the Tulip King ++ Late Flowering

Tulipmania: Money, Honor, and Knowledge in the Dutch Golden Age by Anne Goldgar, 2007 -- Something Strange ++ Art & Flowers ++ Bloemisten ++ Grieving Money ++ Bad Faith ++ Cabbage Fever ++ Glossary ++ A Note on Money

Breaking News: CryptoKitties (Yes, Cute Little Cartoon Cats) on the Blockchain!

Collectible. Breedable. Adorable.

Collect and breed digital cats. Start meow. Buy! Sell! Hold!

Learn more @ cryptokitties.co

Latest (and Greatest) Investment Opportunity!

Blockchain has unlocked the magic of digital scarcity, and combining that with the power of making the digital goods persistent gives them a potential value that is only limited by how much prestige a wealthy person might place on ownership of the item.

-- Justin Poirier

All I want for Christmas is a CryptoKitty.

-- Kayla Williams

I got a fever. And the only prescription is more CryptoKitties.

-- Eduardo Salazar

My Gen 7 CryptoKitty #104375. The Future is Meow.

-- Anshul Dhawan

  • Fabulous Persian Spock Gerbil Gold Cottoncandy - Extremely rare gen 5 swift virgin | 2.9 ETH
  • Rarity: 0.00264% Gen 5 JAGUAR FABULOUS GOLD DALI!! VIRGIN!
  • Rarity: 0.0015% Princess Bubblegum is now for sale! Gen 12 | Brisk | Virgin | Chartreux | Bubblegum | Otaku | Emeraldgreen | Saycheese | Mauveover | Spock - Starts ETH 20/Ends ETH 10
  • Gold ducat, Gen 5, Virgin, Swift. Very cheap
  • Cheap Gen 1 cute kittie with rare genes! Only 0.125 ETH
  • UNIQUE Virgin Peach Googly Gold Mauveover gen:2 cooldown:1 0.87992% RARE
  • SUPER CHEAP: Gerbil, Ragdoll, Scarlet, Chestnut, Cotton Candy!!! 0.02 ETH (~$14)
  • I'm giving away a Gen 1 FAST Gold for free...

-- CrypoKittiesMarket

Awesome CryptoKitties (and CryptoCopycats)

A collection about Awesome CryptoKitties (Yes, Cute Little Cartoon Cats) on the Blockchain! and CryptoCopycats - digital collectibles secured on a distributed public databases w/ crypto hashes. Are CryptoPuppies the new CryptoKitties? Learn by Example from the Real World (Anno 2017) - Buy! Sell! Hodl!

More @ cryptocopycats/awesome-cryptokitties

Events, Meetups, Orgs

Revolutionize the world one country at a time. Blockchainers of the world, unite!

Awesome Awesomeness

A curated list of awesome lists.

  • Blockchain Stuff -- a curated list of blockchain and general cryptocurrency resources
  • Awesome Blockchain by Igor Barinov et al -- a curated list of the bitcoin blockchain services
  • Awesome Blockchain by Tim Reznich et al -- a curated list of blockchain services and exchanges
  • Awesome Blockchain by istinspring et al -- a curated list of awesome projects and services based on blockchain technology
  • Awesome Coins by Kenneth Reitz et al -- a guide to crypto-currencies and their algos
  • Awesome CryptoKitties (and CryptoCopycats) by Gerald Bauer et al -- a curated list about the awesome crypto kitties and copycats
  • Awesome Git by Dick Tang et al -- a curated list of amazingly awesome Git tools, resources and shiny things
  • Awesome by Sindre Sorhus et al -- a curated list of awesome lists

Author: openblockchains
Source Code: https://github.com/openblockchains/awesome-blockchains
License: CC0-1.0 License

#blockchain 

Devin Pinto

1606971339

Certified Blockchain Expert™ | Blockchain Certification | Blockchain Council

A multitude of use cases around the numerous industrial segments are now contained in the blockchain technology that once began as the underlying system for Bitcoin trading. One of the main impacts on the financial sector has been felt. Blockchain technology has been publicly adopted by businesses like JP Morgan. The financial sector is suffering from data protection problems, faster transactions, transparency and other bottlenecks that hamper the growth of businesses that rely on monetary transactions from banks and NBFCs. Blockchain could therefore be a possible solution here. Banks and financial sectors can easily solve the disadvantages that hold back the banks’ smooth functioning with Blockchain’s involvement.

Some of the biggest developments we have seen in the Blockchain sector are the development of Blockchain platforms such as Hyperledger Sawtooth, Hyperledger Fabric, Corda, etc This approved Blockchain not only ensures that the system operates efficiently, but also ensures that transactions take place at a faster rate. It actually helps the banking system work much better and in a more effective way.

How the financial sector is impacted by Blockchain:

1. Providing a safe platform-
The need for a secured platform is one of the greatest challenges facing most banking and financial institutions. As most of the transactions and other work have now been digitised, most banks and other allied companies are looking for a stable platform that is free of any mistakes or defects. In addition, there is also a high rise in the need for a network that can efficiently combat data breach problems, and so we have Blockchain. By time-stamping all information or data on it this DLT platform works. This guarantees full security. And with the introduction of approved Blockchain networks, the security feature is even more assured.

2. No third party- Time lag and paperwork are two weaknesses of the financial sector that appear to hold up the processes and ultimately influence the company’s efficiency as well. We can solve these problems with the assistance of Blockchain technology and thus ensure quicker transactions. Blockchain technology operates on peer-to-peer transactions, ensuring that for authentication and approval, there is no need to rely on a third party, which speeds up the transaction process.

3. Tracking and tracing- For banking firms, these features can be highly beneficial. Banks invest a large amount of money on authentication and verification, amid all the efforts of false identity cases, and fraud reports are growing, we can easily put an end to it with Blockchain. As data tracking and tracing becomes simpler and history can be easily traced back, compared to the traditional technologies that banks use, it becomes easier to rely on this platform.

These are the three big benefits that Blockchain can reap from the banking and financial field. Blockchain developers and Blockchain experts are in high demand because of this, and we will see an increase in this number in the times to come.

Conclusion- The Blockchain Council provides Blockchain with the best online certificate programme. This detailed curriculum will allow you to absorb all Blockchain-related knowledge while also learning how to incorporate it. Then what are you going to wait for? Register for today’s Blockchain certification.

#blockchain technology #blockchain development #blockchain expert #blockchain professional #blockchain developer